Psicomotricidade Relacional - Prevenção na Infância

15 de abril de 2013

A Psicomotricidade Relacional, método psicopedagógico criado há 35 anos pelo educador francês André Lapierre, está sendo inserido no Ensino Fundamental do Positivo, dentro do cronograma pedagógico, pelo terapeuta José Leopoldo Vieira, diretor do CIAR de Curitiba. O especialista ministrou palestras aos pais de alunos, em março, apresentando o tema.

Na prática, os alunos são divididos em dois pequenos grupos. Um grupo faz brincadeiras lúdicas acompanhadas pelo orientador, enquanto o outro grupo faz atividades pedagógicas em outra sala, com a professora, depois o processo se inverte. As aulas não têm custo adicional e serão envolvidas uma vez por semana no horário em que o aluno está matriculado.

“É  um grande diferencial, para uma escola, trabalhar com a Psicomotricidade Relacional dentro do conteúdo pedagógico e envolvendo os professores, isso só acentua a preocupação  da instituição com a formação integral da criança”, afirma o terapeuta.

“É um trabalho de prevenção, que busca a afirmação da própria identidade e um espaço para a socialização”, explica Vieira. Os problemas de aprendizado, como, por exemplo, dificuldades com a Matemática ou Português, inibições, e problemas de socialização, que as crianças vão adquirindo ao longo da infância e que podem levar a prejuízos futuros, serão, com certeza, minimizados, “A criança é pura,está limpa para receber informações. O que acontece muitas vezes é que, na fase inicial crescimento, um fato corriqueiro pode se tornar um trauma futuro ou um bloqueio emocional que precisará de terapia para ser resolvido mais tarde”, comenta.

“O que a Psicomotricidade pretende atingir com as crianças hoje, que convivem com as facilidades modernas, é o resgate simbólico, do sonho, que ela possa se expressar em um espaço afetivo, que vai prevenir os bloqueios de aprendizado e socialização, cooperando na estruturação física, motora e da personalidade da criança”, completa.

Revista do Colégio Positivo  Nº. 1 – Abril de 2003.

deixe um comentario
I Jornada de Psicomotricidade Relacional dos Campos Gerais- PRComunidade Terapêutica Rosa Mística tem vivência de Psicomotricidade Relacional com Leopoldo Vieira

Deixe um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.